Homem 2.0

Talvez esse é o ano que eu mais tenho visto o nome Deus e Família nos noticiários. Até cansou esse papo de Religião vs Politica, Religião vs Direitos Humanos e Religião vs Ciência. Tentar entender essa guerra é uma tarefa difícil. Quem sabe caiba pra um dos 12 trabalhos de Hércules! Acredito que um dos lados dessa guerra ia adorar que um deus grego resolvesse essa parada, porque eles são avessos apenas às religiões monoteístas surgidas no oriente médio. Porque tanto ódio quanto essas religiões e uma certa idolatria ao “paganismo” europeu ou aos cultos afros? Essa resposta não tenho! Talvez C. S. Lewis….

“Espanta-me que você ainda me pergunte se é mesmo essencial manter o paciente na ignorância quanto à nossa existência. (…) Nossa política, no momento atual, é de nos mantermos ocultos. (…) Tenho grande esperança de que, no devido tempo, aprenderemos como tornar a ciência dos homens emocional e mítica a ponto de passarem a desconfiar daquilo que na verdade é a crença em nossa existência (embora não sob esse nome) ao mesmo tempo em que suas mentes se mantêm fechadas para o Inimigo. A “Força da Vida”, a veneração do sexo e outros aspectos da Psicanálise podem ser bastante úteis nesse sentido. Se pudermos produzir nossa obra perfeita – o Mago Materialista, o homem que não apenas utiliza, mas que na verdade venera aquilo a que dá o nome de “Forças” ao mesmo tempo em que nega a existência de “espíritos” – . então saberemos que a batalha chegará ao fim.”

Cartas de um Diabo a seu aprendiz

Mas quero abordar outro ponto, porque tanto ódio dos “mais letrados” à religião?

Tudo isso começa em uma ideia surgida a uns 150 anos, a ideia que estamos evoluindo….

Antes de continuar meu argumento, preciso colocar uns pingos em uns is. Acredito na evolução. Acredito que na minha genética tenho antepassados que são os mesmo antepassados de um orangotango. Isso não entra em nenhum conflito com minha fé cristã protestante reformada! E não é esse ponto que quero discutir!

A grande questão é o tempo verbal: evoluímos ou estamos evoluindo?

O “estamos evoluindo” é o pressuposto comum entre quase todos acadêmicos materialistas do Brasil. O homem está passando de uma versão 1.0 para uma 2.0. Isso gera os atritos, as discussões, o ódio ao que significa ser o homem 1.0.

[tube]http://www.youtube.com/watch?v=aDaOgu2CQtI[/tube]

Mas o que seria esse homem 1.0?

Muitos defendem que o homem precisa tirar a roupa do velho homem: a religião, o misticismo, o ódio, o pre-conceito, etc… Acredito que nem esses próprios (homens evoluídos) sabem direito o que isso significa. Só sabem de uma coisa, precisamos aposentar o discurso conservador e tomar uma atitude mais progressista. É muito interessante observar as palavras que são usadas. Qualquer indicio de uma cosmovisão cristã significa ser conservador. Qualquer indicio de abolir coisas como certo-errado, ou a ideia de pecado, significa ser progressista. Fico me questionando: progresso de que? Significa que estamos trilhando um caminho?

A outra ideia é a que evoluímos. Nossa genética foi forjada como primata. Somos primatas. Mamamos, temos pelos (alguns muitos e outros poucos), temos necessidades fisiológicas, somos animais! Mas há algo que nos difere dos outros…

Definir o que é isso acredito que nenhuma ciência humana vai saber a resposta. Para um mero materialista, somos feitos da mesma coisa que um cachorro morto… isso explica porque damos mais valor aos animais do que à homens que não conhecemos.

Segundo a teologia cristã, há uma definição clara e pontual: imagem e semelhança de Deus. Isso nos difere de todos os outros animais (então não pense que você pode sair matando eles, a primeira ordem de Deus foi para você cuidar do jardim d’Ele!).

Então fico pensando com meus botões que sim, evoluímos e nossa genética continua evoluído. Vamos vencer a AIDS, câncer, diabetes, e outras doenças. Se não fizermos isso com um improve no nosso sistema imunológico, vamos criar drogas para isso. Mas isso todos os animais estão fazendo…. Em relação ao que nos difere dos outros animais, estamos ainda no Gênesis 3: a queda do homem!

Sempre fomos assim, sempre tivemos ódio, sempre tivemos diferenças sociais, sempre oprimimos outros homens. Sempre… Devemos assumir de quem é a culpa de todos os males que há na terra. Não é do Sistema Capitalista, um sistema não massacra o homem, homens massacram homens. A culpa não é da Religião, a religião não oprime o homem, homens oprimem homens. A culpa não é da politica, a politica não corrompe o homem, o homem corrompe a si mesmo. A culpa não é do dinheiro…. Como diria Homer Simpson, “a culpa é minha e eu coloco ela em quem eu quiser”! Quer ler mais sobre essa ideia que sempre fomos o que somos, leia “O Homem Eterno” de G. K. Chesterton.

E aonde eu quero chegar com esse texto?

Minha geração tinha um sonho: mudar o mundo! Esse sonho é bobo! Nunca conseguiremos isso… Eu realmente acreditei nisso, mas agora vejo impossível. Já tinha desaprendido a sonhar, quando me voltei ao cristianismo. Achava que a caminhada cristã era esperar o céu, vivendo mediocremente na terra. Felizmente eu estava redondamente enganado!

A ideia de céu é uma coisa que só alcançamos quando deixamos a terra é uma ideia grega. Um judeu do primeiro seculo não era dicotomista, ele acreditava em um céu que vinha até a terra. Quem sabe um Reino, ou uma Cidade preparada desde o principio (Ap 21).

Depois refletindo, vi que nosso dito mestre foi embora e nos deixou uma ordem clara: vocês são meu reino! Esse reino já está implantado, e vocês tem que expandi-lo até a volta do Rei. E quando esse Rei voltar, o Reino será pleno!

Hoje eu estava pensando nisso, em quando minha geração perdeu esse sonho de mudar o mundo….

“Ele ganhou dinheiro
Ele assinou contratos
E comprou um terno
Trocou o carro
E desaprendeu
A caminhar no céu
E foi o princípio do fim”

Os Paralamas do Sucesso

[tube]http://www.youtube.com/watch?v=9JvSfIDNb4Y[/tube]

Enquanto nós dormíamos

Se não fosse pelo Papa, não haveria outro assunto! Essa semana estará marcada como a semana que os cristãos lamentaram que um cristão assumiu a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.

A maioria de nós tem enormes motivos de sobra para nos envergonhar dessa geração marcada pela corrupção, confrontamento e materialismo. Observe bem, se envergonhar dessa geração, não do evangelho!

Pensando nessa situação fico questionando, como chegamos aqui?

Somos omissos

Martin Luther King Jr não se conformou com o mundo que vivia....

Martin Luther King Jr não foi omisso…

Muitos cristão se julgam donos da verdade, e fazem questão de joga-lá na cara dos seus “opositores”. Mas se esquecem que muitas grandes verdades estão sendo distorcidas ao nosso lado. Quando não nos opomos a comportamentos dos nossos irmãos, dizemos veladamente que concordamos com tal, assim nos tornamos coniventes.

Somos coniventes com o materialismo das nossas músicas e das nossas pregações!

Somos coniventes com o esquecimento e o massacre do pobre!

Somos coniventes com a destruição da criação (mais conhecida pela natureza)!

Somos coniventes com a corrupção em nome de um pseudo-cristo.

Somos coniventes com o nepotismo entre os irmãos.

Somos coniventes com o lucro exagerado.

Nós somos coniventes de uma série de pecados cometidos por nós mesmo. Não temos autoridade para apontar o dedo para ninguém fora do nosso gueto, mas mesmo assim fazemos….

Somos consumidores

É muito facil achar criticas ao grandes apóstatas do evangelho. Edir Macedo, Silas Malafaia, Valdemiro Santiago, R. R. Soares, casal Hernandes, e etc… Eles não falam a mesma língua que a maioria… será?

Quando ligo meu radinho gospel, vejo uma sopinha rala daquela canja que é servida por esses nomes. O que estou dizendo? Esses grandes da mídia são apenas caricaturas do que é consumido diariamente por milhões de cristãos todos os dias! Um evangelho placebo, um evangelho materialista, um evangelho que esquece o mundo, ou um evangelho que é só do mundo. Isso é fruto de um crescimento sem qualidade nos últimos 20 anos. Pregou-se exageradamente o evangelho, mas esqueceu de alimentar esses bebes recem-nascidos! Eles cresceram e hoje não sabem o que é um bom alimento! Acreditam que a literatura de auto-ajuda pseudo-cristão que é largamente vendida é realmente boa!

Francis Schaeffer falou no Verdadeira Espiritualidade que a centralidade do evangelho é a morte, mas o evangelho é para era presente. Se pensamentos como esses não estão na mente, logo é preciso você rever seus conceitos!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=S77aoOfTAzA[/youtube]

Abdicamos da Política

Quando foi a ultima vez que você viu cristão discutindo políticas? Não estou falando de Política partidária, estou falando de política mesmo! Se devemos ser contra, ou a favor do código florestal? Se políticas de inclusão social de nossas cidades estão funcionando? Etc… Não fazemos mais isso! Tudo que fazemos é delegar para os partidos. Como aquela vídeo infeliz que um pastor soltou na eleição de 2010, demonizando um partido em função do outro. Seria o outro partido completamente santo pra ter tal confiança? Quais eram as intenções daquele pastor com o vídeo? Ele não discutiu, apenas tratou seu povo como gado!

Abdicamos do Pensar

Marina Silva é bem clara: somos partidarista e não programáticos! Todos que estão do lado do Silas Malafaia e do Marco Feliciano o fazem não porque suas ideias são as melhores, ou porque concordam com as bandeiras deles. Estão do lado deles porque eles defendem a nossa causa!

Mas… Qual a nossa causa? Nossa causa é lutar contra os direitos dos homossexuais? Nossa causa é proibir o aborto? E se Jesus vivesse hoje, seria essa a bandeira levantada por ele? Todos os grande intelectuais do cristianismo discordam.  Mas aí você pode até citar o que o Malafaia sempre cita: é bíblico. Você já se perguntou: é bíblico mesmo?

Tristemente vejo as pessoas acreditando nessas falácias sem parar para pensar. Sempre que vemos um argumento “bíblico” devemos validar se era isso mesmo que o autor queria dizer, se o contexto que o texto está autoriza essa interpretação, etc… Não posso eu dizer que tudo que eu entendo de qualquer parte do texto que está ali é valido. Agindo assim estou apenas arrumando argumentos para minhas ideias, e não procurando a verdade do texto.

Mais…

Ainda há muito mais o que pensar sobre o assunto. Mas a culpa de todo esse confrontamento que estamos sofrendo não é do movimento gay, ou dos ateus, ou dos neo-pentecostais picaretas. A culpa é de todos nós! Enquanto não assumirmos essa luta, não veremos o Reino se expandir. Não estou falando de lutar contra esses confrontamentos. Estou falando que Direitos Humanos é uma criação do cristianismo. É invenção nossa, é marca nossa, fora de Jesus não há direitos humanos. Mas é o que vemos….

Dicas de Leitura

Os bons exemplos do cristianismo atual e na politica brasileira

“Compromisso com os pobres como consequência da fé”

“Nossa oração é que exemplos históricos como os do Pr. Martin Luther King Jr., do Rev. Jaime Wright e do Bispo Desmond Tutu possam inspirar e servir de referência para a atuação dos vários parlamentares evangélicos na CDHM, levando-os a se posicionar ao lado dos que sofrem injustiças.”

A carta aberta de pastores que acaba ajudando aqueles que nos odeiam; Pr. Silas comenta

“Você sabe porque eu visto preto?” Johnny Cash

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Fgxo2OOzsx4[/youtube]