Quero falar de rock: sobre o ombro de gigantes (II)

Continuando a série Quero falar de Rock! Dessa vez ainda não chegaremos ao rock, mas vamos avançar um pouco no tempo. No primeiro post, vimos um pouco de dois ícones antagônicos do blues. Robert Johnson como o homem que vendeu a alma ao diabo. E um pouco da fé do Blind Willie Johnson. Estes tocavam um blues rural, pouco similar ao que temos hoje, mas que influenciaram grandemente o rock’n’roll!

Agora vamos falar um pouco do blues mais marcante. As vezes pensamos que a música que ouvimos é algo extremamente novo, mas quando buscamos na história vemos que tudo não passa de releituras das coisas que ouvimos no passado. Assim é o rock e qualquer outro estilo musical.

Continue Lendo…

Quero falar de rock: sobre o ombro de gigantes (I)

Prelúdio

Os tempos estão mudando…  Eu não sei quando você nasceu, provavelmente quando eu era adolescente você era uma criança. Ou quem sabe nem havia nascido! Nasci na década perdida, vulgo anos 80. Dizem que foi perdida porque a economia brasileira retrocedeu. Foi como se não tivéssemos vivido 10 anos. Fico triste, não por ter nascido nessa época, mas por alguns acharem que os números da economia determinam o que vale ou não….

Mas tive minha adolescência nos anos 90!!!! Quem viveu essa época sabe que rock era uma religião. Não sabemos como havíamos chegado lá, mas tínhamos uma ideologia. Evangelizar o mundo para o rock’n’roll! Foram pessoas que viveram nesse contexto que criaram o dot, de onde surgiu o underdot, por isso acredito que vale a pena falar um pouco da ideologia rock (ou pelo menos sobre o que eu acreditava ser o rock).

Mas antes de falar do rock vamos falar de história… Prometo que no final dessa série de posts você verá que isso está relacionado com a sua história, com a história do século em que você nasceu e com a sua fé. Muito mais do que sua vã filosofia pode sonhar…!!!

Pra começar vou quebrar um paradigma que rondava a geração anos 90 do Brasil. Éramos influenciados pela geração anos 80 do rock brasileiro, acreditava que o rock era uma quebra de paradigma. Ttínhamos que romper com o passado! Será? Vou deixar uma amostra do que a segunda geração do rock fez. Muitos regravaram clássicos da musica raiz do seu pais. Nessa minha “amostra” deixo uma música do Leadbelly (1889-1949) e uma regravação do Bob Dylan. 98% das pessoas com quem converso, que entendem muito de rock, atribuiriam essa música a banda The Animals….  Vê-se que não é verdade!

Vou logo avisando que é provável que você goste apenas da versão do Bob Dylan, mas todos os créditos são desse negro, pobre, analfabeto e provavelmente desdentado!

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=2b0KQ6_Oek8[/youtube]

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=y5tOpyipNJs[/youtube]

Raizes

Antes de existir o rock, existiu o homem. E com o homem existiu a opressão. E em todo homem oprimido existe a revolta!

A história do rock é intimamente ligada ao sentimento de revolta existente no homem.

Vou apresentar aqui alguns nomes dessa história do rock. Os primeiros deles não pertencem ao rock, pertencem ao seu pai: o Blues. O rock é o filho ilegítimo de um outro estilo musical. O blues nasceu na África subsaariana e veio contra sua vontade para a América. Essa história não é exclusiva. Todos os nomes desse post pertencerão ao Blues, mas são mais influentes do que qualquer rockstar que já existiu….

Robert Johnson

Se há uma mitologia no rock, o Adão dela é esse cara. Se há ironia, ele foi o cara quem vendeu a alma ao diabo. Esse cara encarna toda a alma do rock do século XX. Nascido pobre, em uma região insignificante, sem habilidades. Fez de tudo para conseguir ser alguém (até vender a alma ao diabo). Viveu sem esperança uma vida que qualquer cristão condenaria… Morreu com 27 anos! Foi indiretamente o guitarrista mais influente do século XX. Ouça uma das 29 músicas dele, e verá muitas frases conhecidas.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=3MCHI23FTP8[/youtube]

Blind Willie Johnson

Quero economizar palavras. Vou apenas traduzir o vídeo do Why Music Matters sobre esse cara.

O cego Willie Johnson está entre os maiores guitarristas slide que existiram.

Nascido em 1887, ele construiu a sua primeira guitarra de caixa de charuto aos 5 anos e passou a maior parte da sua vida tocando em esquinas, por alguns trocados.

Sua voz era tão poderosa, que diz a lenda ele quase começou um motim por cantar.

Ele apenas gravou 30 músicas e teve uma existência humilde.

Em 1945, sua casa se transformou em cinzas, mas sem ter onde ir, ele dormiu nas ruínas e contraiu pneumonia… e acabou morrendo!

No entanto, suas gravações tornaram suas músicas extremamente influentes. Todos regravaram ou cantaram suas canções.

1977: A música “Escura era a noite, frio era o chão” foi enviada ao espaço na nave Voyager da NASA como exemplo da diversidade da vida e cultura na terra.

“Essa gravação representa nossa esperança, nossa determinação e nossa boa vontade no vasto e maravilhoso universo.” … declarou Jimmy Carter.

Em 2004 Blind Willie Johnson deixou nosso sistema solar. Sabe quem sua musica irá inspirar… E isso explica porque a música é importante!

Imagine alguém extremamente influente na música…. É certo que ele já tocou uma do Blind Willie Johnson!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=dzd9Wa3WoTw[/youtube]

Extremamente religioso. Sua fé era a temática recorrente das suas músicas, mas não influenciou toda geração do rock cristão, apenas alguns ícones como Bob Dylan, Larry Norman e Johnny Cash! Talvez porque os músicos cristãos não estivesse interessados na história de um negro pobre e cego da região mais pobre dos Estados Unidos.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=5OO64Ay3cac[/youtube]

Dicas

O Brother, Where Art Thou?

Musical contando a história e as músicas dessa época. Altamente recomendável!!!

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=n9UlbxlM5nE[/youtube]

The Blues de Martin Scorsese

Documentário sobre a história do blues. Altamente recomendável os epsódios I (Fell like going home) e II (The soul of a man) que falam respectivamente sobre a origem e a religiosidade (protestante) dessa música.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=EzXXDhOQLVw[/youtube]